PT. Nascindo no Brasil em 1984, Hugo define sua arte como "uma viagem introspectiva em busca da plena harmonia entre sentimento, intuição e expressão".

Para o artista, formado em Comunicação Social pela ESPM, seu encontro com a arte teve início no final de 2011, quando viajava pela Argentina em busca de um novo sentido para sua vida. Inspirado por amigos artistas, Hugo voltou a desenhar como hobby, assim como fazia quando criança. Desde então não parou mais de desenhar.

Sua obra se caracteriza principalmente pela presença de personagens indígenas e seus rituais;  seus personagens característicos os "Ninjahs"; Com traços limpos e precisos, Hugo abre universos em pequenos detalhes, levando o observador para visões de roteiros intergaláticos.

EN. Born in Brazil in 1984, Hugo Elias defines his art as "an introspective trip searching for full harmony between feeling, intuition and expression". To the artist, graduated in Social Communication at ESPM in São Paulo, his meeting with art began at the end of 2011, when he traveled through Argentina in search of a new meaning for his life. Inspired by artists friends, Hugo went back to drawing as hobby, just like he used to do as a child. Ever since, he hasn't stopped drawing. His work is characterized mainly by the presence of indigenous characters and their rituals; his peculiar personages, such as Ninjahs, Mammoths;  psychedelics scenarios; defined trace; and many details.

ES. Natural de Brasil (1984), Hugo Elias define su arte como "un viaje introspectivo en busca de plena harmonía entre sentimiento, intuición y expresión". Para el artista, formado en Comunicación Social en la universidad ESPM de São Paulo, su encuentro con el arte tuvo inicio a finales de 2011, cuando viajava por Argentina en búsqueda de un nuevo sentido para su vida. Inspirado por amigos artistas, Hugo volvió a dibujar como hobby, como hacía cuando era un niño. Desde entonces no paró de dibujar hasta el día de hoy. Su obra se caracteriza principalmente por la presencia de personajes indigenas y sus rituales; los "Ninjahs"; escenarios psicodélicos, trazo definidos y mucho detalle.

hugo desenhando_2018.jpg